CEEJA de Araçatuba realiza oficinas de diferentes áreas para os alunos

Texto e fotos fornecidos pela escola

Edição: Ágatha Urzedo

 

O CEEJA (Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos) de Araçatuba contemplou seus alunos com oficinas nas áreas de Ciências da Natureza; Humanas; Matemática; Linguagens e Códigos.

A oficina de Ciências da Natureza ofereceu aos estudantes a oportunidade de montar hidrocarbonetos (moléculas que contêm apenas carbono e hidrogênio em sua composição) em sua forma geométrica. “Foi um belo trabalho dos nossos alunos, que demonstraram muito entusiasmo ao participarem das atividades propostas”, comenta a diretora do CEEJA, Maria Elisa Falaschi Nucci Martins. Os professores responsáveis foram: Eliandra de Mello Bonotto, Isabella Conduta Crepaldi, Natália Rosane de S. Trigílio, Ricardo Vieira Batista e Sérgio Martins.

Na oficina “A Matemática dos Mosaicos” – coordenada pelas professoras Érica Natália Costa Torres, Fabiana Varges da Silva e Lídia Mercadante de Oliveira –, os alunos desenvolveram trabalhos utilizando mosaicos. No dicionário, a palavra mosaico é conceituada como “dar forma ou arranjar pequenos quadrados em padrão de ladrilhagem”, pois as primeiras ladrilhagens foram feitas com ladrilhos quadrados. Contudo, já há algum tempo, os mosaicos são confeccionados com todo tipo de polígono (regulares ou não).

No que tange à Humanas, o tema da oficina foi o teatro. Os professores Émerson Fauzer da Silva, Felipe Sgotti Padovês, Gilmar Francisco dos Reis, Iago Ferreira Morbi dos Santos, Rosilene Maciel Santana dos Santos e Sônia Aparecida dos Santos apresentaram exemplos de máscaras utilizadas no teatro de diversas culturas (Japão, Roma e Grécia) ao longo da história da humanidade. Com moldes artesanais e materiais fornecidos pela escola, os alunos fizeram florescer seu lado artístico e não deixaram nada a desejar das máscaras originais. Alguns extrapolaram a própria história humana e confeccionaram suas próprias máscaras com diversas referências.

O projeto “A Natureza no Impressionismo” contou com a participação de alunos do Ensino Fundamental (Anos Finais) e Ensino Médio, que estão frequentando as disciplinas de Arte, Inglês ou Língua Portuguesa. Após pesquisarem e conhecerem o movimento artístico e seus principais representantes, os alunos desenvolveram pinturas em telas usando pincéis, esponja de lavar louça, entre outros materiais, buscando respeitar as características do movimento.

As professoras da área (Alessandra Baroni, Ana Carolina dos Santos Campos, Cristiane Gosmes da Silva, Elaine Cristina de França, Helenice Bispo dos Santos, Simone Cristina Garcia Feiteira e Vanessa Ferlete Santana) acreditam que “a arte desperta sentimentos e faz com que os alunos realizem trabalhos que alegram os olhos e coração”.

“Todos foram surpreendidos com os resultados, que foram incríveis. A avaliação feita pelos alunos surpreendeu a equipe gestora. Todos ficaram encantados e pediram para que a escola proporcione mais momentos como este”, finaliza a diretora Maria Eliza.